Atrizes levantam a bandeira eco no tapete vermelho de Cannes

Com vestidos vintage, repetição de looks e joias eco-friendly, Penélope Cruz e Cate Blanchett dão o exemplo

Depois do Baile do MET, no qual Gisele Bündchen escolheu um longo dourado Versace 100% eco, é a hora de o Festival de Cannes mostrar que a sustentabilidade está sim na moda.

Para a cerimônia de abertura, realizada nessa terça-feira (08 de maio), Penélope Cruz (que participa do evento para apresentar o filme de Asghar Farhadi Todos Los Saben, no qual contracena com o marido Javier Bardem) desfilou um longo preto Chanel haute couture vintage, provando que a reutilização de peças é possível sim até em um dos maiores eventos do circuito mundial. A escolha das joias, da Atelier Swarovski também passava a mensagem: os brincos de diamantes e rubis criados em laboratório (através de um processo inovador que consiste em uma base de carbono colocada artificialmente, durante vários dias, em condições de pressão e temperatura que reproduzem as de uma profundidade de 100 km!). A peça é um teaser da coleção que Penélope assina em parceria com a marca, inteiramente feita de joias eco-friendly, que será lançada oficialmente em julho.

Uma das presenças mais aguardadas, a presidente do júri do Festival deste ano, Cate Blanchet, também levantou a bandeira da reutilização. A atriz australiana cruzou o tapete vermelho a bordo de um longo preto de renda com um decote vertiginoso nas costas Armani Privé, que já havia sido usado por ela durante a cerimônia do Globo de Ouro em 2014. O motivo da escolha? Lutar contra o fast-fashion. Bravo!

Unique Fashion Team

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *