Deauville, Biarritz, Veneza: Chanel lança primeira linha de colônias

A maison mergulha em novas águas com três perfumes escapistas que evocam o sabor de uma viagem através de cidades à beira-mar que marcaram a vida de Gabrielle Chanel

Chanel é sinônimo de perfumes opulentos e barrocos? Pois a maison parece querer mudar essa imagem ao apostar em uma inédita linha de colônias, que acaba de ser lançada – a chegada ao Brasil está prevista para o segundo semestre. Até então, a Chanel contava com uma única Eau de Cologne, da linha Exclusifs, em seu repertório olfativo.

Com os aromas cítricos de volta ao air du temps, a maison acerta com Les Eaux de Chanel, três “águas”: Paris-Deauville (onde Coco abriu sua primeira loja em 1913), Paris-Biarritz (onde a estilista costumava passar os fins de semana durante a década de 1910) e Paris-Venise (para onde Gabrielle viajou após a trágica morte do seu grande amor Boy Capel). Uma homenagem a três cidades-chave na vida de Gabrielle Chanel, os perfumes transcendem esses destinos, evocando o desejo escapista e a excitação que precede uma viagem.

Se você é fã de colônias vai provavelmente se identificar com um dos três aromas energéticos, todos genderless, que partem dos cítricos (limão, mandarina e bergamota) em busca de um frescor máximo acompanhados por flores e madeiras que pontuam memórias e sensações caras aos prazeres das férias, sejam elas onde forem.

Paris-Biarritz:

Aquático, ele evoca o sal na pele molhada de um surfista sob o sol após uma manhã dentro d’água. Na fórmula, o peso dos agrumes (laranja, pomelo) é intensificado, e o muguet, que garante a sensação de ar fresco, arremata a fragrância de viés masculino mais acentuado.

Paris-Venise:

a cidade que despertou em Coco Chanel o gosto pela arte barroca e bizantina é representada por um aroma mais “quente“, com um sopro de néroli (óleo da flor de laranjeira) combinado à íris, gerânio, madeira de cedro, âmbar e baunilha, numa fórmula envolvente e mais pronunciada.

Paris-Deauville:

a cidade a primeira boutique da Chanel foi inaugurada, em 1913, é representada por um perfume verde, aromático, no qual a casca de laranja e o limão têm seu frescor intensificados pelo manjericão, petit grain e gerânio. Rosa e jasmin compõem o corpo, e uma boa dose de patchouli garante a ideia de “limpeza”.

Unique Fashion Team

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *