Drinks conscientes: a moda dos bares anti-desperdício

Na missão de reduzir o desperdício de alimentos, diversos bares na Inglaterra e Estados Unidos propõem alternativas tão saborosas quanto sustentáveis

Que tal um cocktail bar com drinks sustentáveis? Essa foi a ideia de Ryan Chetiyawardana, barman inglês que inaugurou em 2013 o White Lyan (depois rebatizado de Super Lyan), em Hoxton, em Londres, primeiro bar totalmente desprovido de ingredientes perecíveis. Difícil imaginar que as taças de cristal repletas de néctares coloridos não levam nem frutas, nem mesmo gelo…

Mas a ideia parece ter pegado na capital inglesa – e, aos poucos, o mundo. Com a questão do desperdício em pauta, outras iniciativas similares têm alterado a cena noturna londrina, propondo locais onde o consumo consciente é regra. Um bom exemplo é a Trash Tiki, pop-up de cocktails que propões misturas realizadas com ingredientes que seriam descartados, além de uma campanha de conscientização sobre o desperdício de comida na indústria gastronômica. Eles acabam de completar um tour mundial: em Bogotá eles serviram Cacao, elixir de tequila, clementina e vagem de cacau; em Melbourne a dupla criou o Slash The Webbing, com pisco, limão e damascos secos reaproveitados, por exemplo.

No ano passado, o cocktail bar de Miami Beach Broken Shaker decidiu adotar o conceito de minimizar o desperdício após uma parceria com o Trash Tiki. Eliminar os plásticos não orgânicos e desidratar o excesso de guarnições cítricas para prolongar o prazo de validade foram algumas das ações realizadas, além de colaborar com as cozinhas de outros estabelecimentos para cruzar os produtos perecíveis, reutilizando assim as folhas de chá para infundir licores e xaropes, e receber as sobras de claras de ovos do café da manhã. O Trash Tiki inspirou também outros bares norte americanos, como o Boleo, que reutiliza as sobras de pão para fazer orgeat caseiro, e o Daisies, que adquire as frutas “feias” de mercados locais para aromatizar a kombucha preparada ali.

A iniciativa também está na mira dos grandes. Em Los Angeles, 17 das 19 unidades do Honeycut utiliza ingredientes reciclados. Drinks como o Carrot Buck contam com polpa de gengibre reutilizada do xarope de gengibre, além de licor de limão clarificado feito de sobras de suco. Os canudos foram banidos, a menos que sejam pedidos pelo cliente -nesse caso, eles são reutilizáveis. Tomara que essa moda pegue.

Unique Fashion Team

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *