Meditação dos chakras – ou como alcançar o equilíbrio total das energias

Saiba mais sobre a modalidade que prega o reconhecimento e ativação de cada chakra

Com a popularização dos apps de meditação, a prática deixou de ser um bicho de sete cabeças – tanto que algumas academias, como a Bodytech, começam a investir na modalidade como parte do treinamento (estudos recentes provam que meditar após o exercício aumenta os benefícios da atividade física praticada). Agora que você já aprendeu a parar, se concentrar na respiração, acalmar o espírito e esvaziar a mente, que tal tentar um novo estilo?

A meditação dos chakras, que começa a ganhar força e notoriedade – sobretudo em países como Austrália, Canadá, Índia, Estados Unidos e Reino Unido – permite utilizar cada chakra para aumentar a concentração, combater o stress e dar um boost de energia. “Com esse tipo de meditação, você faz seu corpo participar ativamente como um todo, explorando suas camadas em um nível de cura e testemunhando os efeitos de pensamentos e sentimentos”, explica a Life Coach Emmy Lou Knowles. “Pense nos seus chakras como um kit de ferramentas. Você deve mantê-las afiadas para usá-las da melhor maneira. Assim, quando situaçōes negativas surgirem, você saberá rapidamente a ferramenta que é mais apropriada para lidar com cada uma”, completa.

Como ela funciona? O primeiro passo é, obviamente, saber o que é um chakra e reconhecer cada um deles. “Eles são pontos de energia na superfície do nosso corpo. Esses pontos giram como vórtices, puxando as energias externas ou ‘universais’ para nossos pontos mais internos, para alinhar, equilibrar e facilitar os sistemas físicos, metafísicos e mentais dentro e ao redor do corpo”, explica Kwowles. Abaixo, conheça cada chakra e onde eles estão posicionados no corpo:

1. Chakra da raiz

Posição: na base da coluna vertebral
Associado a: segurança, saúde e vitalidade do seu corpo
Equilibrado: você se sente seguro e funciona neste mundo
Desequilibrado: sentir-se abandonado, deprimido, ansioso e com vícios
Cor: Vermelho

2. Chakra Sacral

Posição: abdômen inferior, cerca de 5 centímetros abaixo do seu umbigo
Associado a: o assento de toda a sua criatividade, sentimentos, sexualidade e sensualidade
Equilibrado: permite a união verdadeira do corpo e da alma
Desequilibrado: transtornos alimentares, baixa auto-estima, vícios, ausência de desejo sexual e problemas de dependência
Cor: laranja

3. Plexo Solar

Posição: abdômen, logo acima do umbigo
Associado a: segura a sua vontade e seu poder de criar neste mundo
Equilibrado: você tem força interior, instintos fortes e sexto sentido
Desequilibrado: má memória e concentração ou estresse
Cor: Amarelo

4. Chakra do coração

Posição: o coração
Associado a: o assento da sua alma
Equilibrado: você produz sua essência de espírito na existência. O amor é tudo o que somos. É na nossa natureza inerente. O amor é a fonte da sabedoria divina.
Desequilibrado: perdemos de vista a beleza, a empatia, o amor e a compaixão pelos outros e por nós mesmos.
Cor: Verde

5. Chakra da garganta

Posição: garganta
Associado a: seu poder de auto-expressão e criatividade
Equilibrado: você expressa e compartilha sua verdade e inspiração
Desequilibrado: dor de garganta, nervosismo, seios irritados, problemas de tireóide, dentes e problemas de gengiva, dor no maxilar
Cor: Azul

6. Terceiro Olho

Posição: entre seus olhos
Associado a: permitir que você enxergue dentro de si e além de você
Equilibrado: consciência e visão verdadeira, que vem do conhecimento universal
Desequilibrado: dores de cabeça, enxaquecas, pesadelos ou problemas oculares
Cor: Indigo

7. Coroa

Posição: no topo da cabeça
Associado a: sua conexão mais direta com a unidade divina
Equilibrado: você comunica com a unidade divina e recebe uma compreensão de quem você é e do mistério do universo.
Desequilibrado: depressão ou perda de fé
Cor: Violeta

Unique Fashion Team

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *