Três livros femininos e feministas para ler nas férias

Inspirada pela literatura feminina, a estilista Maria Grazia Chiuri, da Dior, entrega seu top 3

“We should all be feminists”. Maria Grazia Chiuri fez a frase-manifesto (e também título do livro) de Chimamanda Ngozi Adichie parar na boca da imprensa e fashionistas após estampa-la em camisetas durante o seu primeiro desfile para a Dior em setembro de 2016.

Primeira mulher a assumir a direção criativa da maison francesa, a italiana aproveitou que o empoderamento feminino está na pauta do dia para passar a sua mensagem. Claramente influenciada pela literatura feminina e feminista, a estilista entrega seus livros preferidos de autoras mulheres sobre o tema. Sem ideias de livros para as férias? Algum da lista abaixo provavelmente vai te tentar:

Mulheres que Correm com os Lobos, Clarissa Pinkola Estés


“Definitivamente o livro que me fez pensar sobre a minha parte instintiva, criativa, maternal e orgulhosa da feminilidade, algo que muitas vezes as mulheres negam na esperança de se aproximarem do mundo masculino para serem consideradas dignas de serem escutadas. Esse livro, que explora a teoria da Mulher Selvagem, me ensinou não só a aceitar nosso lado irracional, mas de considerá-lo uma parte integral do complexo feminino.”

Por que não Houve Grandes Mulheres Artistas?, de Linda Nochlin


“Este é um ensaio escrito na década de 1970, quando o feminismo estava começando a ser posto em palavras. Eu sempre olho para a arte e, acima de tudo, para a criatividade feminina. Este ensaio tem sido fundamental para uma melhor interpretação das obras – e vidas – de artistas queridas para mim, como Niki de Saint Phalle, em cujo trabalho minha última coleção foi baseada.”

Sejamos Todos Feministas, de Chimamanda Ngozi Adichie


“Esse livro me guiou quando eu estava fazendo minha primeira coleção para a Dior. Considero esse título um manifesto para o meu trabalho. Para mim esse livro foi revelador porque ele defende claramente que é hora de toda a sociedade se alinhar com o tempo e atualizar a definição de feminismo.”

Unique Fashion Team

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *